Eu indico: Zaz

Eu tenho um grande apreço por artistas franceses. E não, não faço isso pra pagar de “hipster-que-vive-indo-no-Cinema-da-Fundação-pra-assistir-filme-do-Louis-Garrel. Mas convenhamos, a França tem um poço de bons talentos. Um dia desses eu conheci um deles.

Zaz nasceu em Tours, região central da França. Começou a carreira em 2001, cantando num grupo de blues chamado Fifty Fingers. Seu disco de estreia solo foi lançado em 2010, com a música Je Veux, que estourou no país.

O que me chamou a atenção foi a voz suave e ao mesmo tempo firme. Além disso, a música dela é bem contagiante (dá vontade de sair falando francês, quando na verdade você só sabe falar oui). Com uma mistura de jazz, blues, pop, música acústica e fortes influências da música francesa (com direito a acordeon), Zaz impressiona qualquer um.

Música que indico: Comme Çi, comme ÇaOn IraGamine e, é claro, Je Veux. 

Comments

comments