Os maiores hits de 2014

Isso mesmo, 2014 tá chegando ao fim e junto com ele vem toda aquela nostalgia de todo o ano, aquela reflexão das coisas boas do ano e tudo de bom (Mentira, ninguém fica assim, só escreve pra dar um ar legal no texto).

Resolvi fazer a linha Billboard e eleger as melhores músicas do ano, contando com a ajuda de vocês no Facebook e com algumas que eu lembrei.

Shakira feat. Rihanna – Can’t Remember to Forget You

Levemente inspirada em A Galega e A Morena, de Musa feat. Kitara, Shak começou o ano com um baita hit. O clipe quase era censurado na Colômbia por causa da grande quantidade de imagens de Shakira e Rihi se agarrando e mostrando a bunda em várias cenas do vídeo.

 

Shakira – La La La (Brazil 2014)

Ainda falando em Shak, ela foi a prova viva que a voz do povo é a voz de Deus. O motivo é simples: o povo não gostou do flop da música oficial da Copa e elegeu a música de Shak como o “hino alternativo”.

 

Essa aqui é o flop hino oficial da Copa feito por Pitbull feat. JLo e Milk. (Na minha opinião, a música tinha tudo pra dar certo. O problema é que Pitbull transforma qualquer música em uma farofa)

 

Pharrell Williams – Happy
Era legal. Era. Depois de tanto infernizar nossa vida, não consigo mais escutar 30 segundos dessa música. Nada contra o Pharrell, mas tem gente que não tem limite pra certas coisas. O cantor vai dar o ar de sua graça no Lolla do ano que vem e vai deixar todos felizes com 30 versões de Happy. (Ainda bem que não pro Lolla ano que vem)

 

Michael Jackson feat. Justin Timberlake – Love Never Felt So Good
Apenas amo essa música. Duas realezas do pop se uniram pra criar uma parceria destruição no mundo. Michael mesmo depois de morto continua sambando na cara da sociedade e fazendo hits.

 

Katy Perry feat. Juicy J – Dark Horse
Acho que 2014 foi um ano pop. Muitos hits deste ano foram desse gênero. Katya não podia ficar de fora e garantiu o seu lugar ao sol na lista de melhores do ano. Mas Katy só lançou essa música como single por consequência. Pra quem não sabe, a música hitou mesmo antes de ser single. O problema é que o vídeo não ficou como a gente imaginava.

 

Coldplay – A Sky Full of Stars
Coldplay voltou e chegou metendo o pé na porta. Magic e A Sky Full Of Stars conquistaram logo de cara. A primeira foi parar em trilha sonora da novela e a segunda foi parar nas nossas playlists.

 

Nicki Minaj – Anaconda
My anaconda don’t. Nicki consegue um jeito de chamar atenção por onde passa. O que dizer da capa de Anaconda em que ela mostra toda sua abundância (literalmente falando)? E o clipe que mostra que a bunda daquela mulher tem vida própria?

 

Foster The People – Coming Of Age
Foster é uma das minhas bandas favoritas. Não tem uma música deles que eu não goste. Esse ano eles nos presentearam com o segundo álbum deles, novamente repleto de música boa.  Continuem assim, plmdds. #ComeToRecife

 

Ariana Grande feat. Iggy Azelea – Problem
Se você não ouviu essa música, o problema é seu. Aff, que trocadilho infame. Mas todo mundo foi obrigado a ouvir essa música pelo menos uma vez na vida. Ariana mostrou ao que veio e lançou um dos hits do ano.Destaque para a mini participação do Big Sean no refrão.

 

Iggy Azelea feat. Chali XCX
Além de ter feito parceria com Rita Ora em Black Widow, Iggy lançou um sucesso do ano. Difícil saber quem nunca cantarolou “I’m so fancy”.

 

Clean Bandit feat. Jess Glynne – Rather Be
O Clean Bandit é uma das bandas que mais gostei nesse ano. Vale a pena buscar outras canções da banda porque são igualmente boas.

 

Beyoncé feat. Jay-Z – Drunk in Love
Beyoncé chegou dando uma voadora na cara da sociedade. Do dia pra noite, a cantora lançou um álbum e foi parar no topo das paradas. Aí resolve relançar o álbum e destrói a cara das pessoas. Além dessa música, Bey faz várias pessoas chorarem na escada ouvindo XO, se esfregar ouvindo Partition e mais alguma coisa com Pretty Hurts.

 

Jason Derulo – Wiggle
Quem assiste o Pânico na Band sabe que música é essa. Além de aparecer no programa, a música de Jason dominou as rádios nacionais. Talk Dirty também bombou nas playlists dos Moto G recifenses.

 

Sia – Chandelier
Como não amar essa obra de arte produzida pela Sia? O vídeo e a música são dignos de Grammy e vários prêmios. O que dizer daquela menina dançando lindamente? Tá nos nossos Galaxy-Y para sempre.

 Ed Sheeran – Sing

Ed já estava conhecido nas paradas britânicas e aqui no Brasil também. Claro que entrar na trilha da novela ajuda, né? Não satisfeito, Ed também circulou nas paradas com Thinking Out Loud.

Lorde -Team

Claro que não podia faltar a rainha do “indie urban queria estar morta”, nossa amada Lorde. Team é a concretização da perfeição e merece se patrimônio imaterial do universo.

Tupiniquins

Pablo – Homem Não Chora
Chorando só de escrever o nome da música. O rei da sofrência tá conquistando o Brasil com suas letras carinhosas e chorosas.

Sedutora – Bateu a Quimica
“ME OLHOU, TE OLHEI, PAQUEROU, PAQUEREI…”. Hit do ano merece Grammy. Bateu a Química é sucesso do começo de 2014. Além dessa, “Nossa Preferida” e “No Dia do Seu Casamento” bombaram esse ano.

Sedutora – No Dia do Seu Casamento
Outro hit da Banda Sedutora. Conta a história de uma mulher que quer o boy pra ela de qualquer jeito e que vai entrar na igreja no dia do casamento do cara.

Musa do Calypso – Não Me Faça Chorar
Priscila Musa do mundo. Não Me Faça Chorar é uma versão de uma canção do Bruno Mars que eu não lembro o nome. Sei que bombou e fez vários casais dançarem juntos.

Loira Marrenta – A Gata Fecha
Carlinha Alves lançou seu novo projeto. E chegou fechando mesmo. Com direto a Porsche chegando na noite recifense.

Comments

comments